quarta-feira, 6 de junho de 2012

polémicas

Dei mesmo agora com uma polémica "engraçada" no Facebook. Uma página de receitas exibia fotos e receitas que, alegadamente (adoro esta palavra!), haviam sido "roubadas" de outras páginas e blogs de culinária. A suposta prevaricadora estava a ser enxovalhada de ladra para baixo, acusada de ter roubado as fotografias, um verdadeiro pé-de-vento.
Agora eu pergunto: se as pessoas não queriam que ninguém copiasse ou utilizasse as suas imagens porque raio as puseram na Internet e com isso as tornaram públicas? Se não querem que estas coisas aconteçam, não publiquem. Já se sabe como são estas coisas da Internet... E em vez de se afligirem se Fulano ou Sicrano copiou uma imagem sua deviam antes preocupar-se com aquilo que o Facebook faz com as informações que lá põem e que supostamente são privadas, isso sim daria pano para mangas! Agora uma fotografia de um pão-de-ló?! Good Lord...

11 comentários:

Mara Quinta disse...

Não concordo contigo... Independentemente de estarem online ou não, as fotografias têm um autor, que deve ser devidamente identificado quando é possível saber a origem da foto. Para prevenir estas coisas, eu marco todas as minhas fotos.
Gostavas que alguém copiasse os teus textos do blog e criasse um blog usando os mesmo e passando-se por autor dos mesmos?
Para mim é a mesma coisa. Eu gosto de fazer bolos e gosto de os fotografar, mesmo que seja um mero bolo de iogurte... e ia detestar que usassem as imagens sem darem o devido crédito a quem as fotografou.
Beijocas

Mamã Petra disse...

Fizeste-me rir, de facto tanto alarido por causa de um pão de ló.

Full-time Mom disse...

Claro que não gostava Mara, mas infelizmente é um risco que corro e corre toda a gente que coloca coisas na net. Achei foi uma parvoíce tanto alarido por tão pouco, parece que a rapariga tinha assaltado um banco! Bjs

Anónimo disse...

o q me faz uma seria confusão é ver fotos de crianças aos montes pelo face e pelos blogs, nao consigo perceber qual é o objectivo e perdoem-me a sinceridade é coisa de gentinha

Gaiatas disse...

Concordo com a Mara.

Beijoca *

Carla R. disse...

Tenho a ver com direitos de autor se a foto é tua, mesmo que a tornes publica, não deixa de ser tua.
Agora, que realmente existe quem faça tempestades em copos de agua, isso ja é outra coisa.

mãe pimpolha disse...

Não dei por nada, acho que isso está na consciencia de cada um. Eu tb coloco algumas imagens que encontro no google, mas nunca vou tirar de algum local como um blog ou assim. Aliás regra geral até vou confirmar de onde tiro as imagens, para ver se não estou a fazer grande asneira.
Claro que pode acontecer o mesmo comigo, mas é um risco que corro e pelo menos as pessoas tem o trabalho de ter que tirar a marca d'água e sabem bem de onde as estão a tirar. Lá está eu nunca colocaria uma imagem com uma marca d'água a identificar a foto, porque isso só provaria que a foto tem dono.
Agoa já estou como tu, uma foto de um pão-de-ló? LOL
Beijocas

Sofia disse...

A situação não foi bem essa...se é aquilo que eu vi, a menina em questão colocou uma marca de água com o nome DELA em cima de uma fotografia que copiou de outro blogue. É a mesma coisa que eu chegar aqui, copiar uma foto de um dos teus filhotes e ir colocar no FB com o meu nome em cima...

Sofia disse...

E para ti é um pão de ló, para a pessoa em questão é um ganha-pão.

Full-time Mom disse...

Sim, Sofia, mas continuo a achar que é "too much ado about nothing". Lá está, são perspectivas, acho que há coisas muito mais graves.

Sofia disse...

Bem...podia fazer aqui um paralelismo exacto e tenho a certeza que não ias gostar.
Claro que há coisas muito mais graves: há fome, guerras, doenças, crises económicas...Não estamos a criar "graus de gravidade de situações" agora lá porque uma coisa é incorrecta, mas "pouquinho" não significa que a tenhamos de aceitar, até porque, volto a repeti-lo, podia ter-te acontecido a ti.
Bjos